• COVID-19

Notícias

01/07/2020 11:07

Pescadores de Paulo Afonso, Juazeiro e região recebem máscaras

Os pescadores das cidades de Paulo Afonso, Chorrochó, Glória, Rodelas, Sobradinho, Remanso, Pilão Arcado, Casa Nova, Juazeiro e Sento Sé terão um pouco mais de tranquilidade para trabalhar nesses tempos de pandemia. A Bahia Pesca distribuirá nestas cidades mais de 20 mil máscaras e cerca de 600 frascos de álcool higienizador, além de cartilhas com orientações de prevenção contra o coronavírus.

O material será disponibilizado a mais de 20 associações e colônias de pescadores, que repassarão gratuitamente os equipamentos a seus associados.

“A distribuição dos equipamentos de proteção, além de aumentar a segurança dos trabalhadores nesse período de pandemia, influencia também na segurança alimentar tanto das famílias que vivem da pesca como de quem adquire os produtos”, explica o presidente da Bahia Pesca, Marcelo Oliveira.

Nesta quarta-feira (1º) o material será entregue em Sobradinho e Remanso. Já na quinta-feira (2) o álcool, as máscaras e as cartilhas serão entregues nas cidades de Pilão Arcado, Casa Nova e Paulo Afonso. No dia seguinte (3), é a vez dos pescadores de Paulo Afonso, Juazeiro, Curaçá, Chorrochó, Rodelas e Glória receberem os equipamentos de proteção. Após o final de semana a distribuição será retomada na segunda-feira (6), em Sento Sé.

Máscaras geram renda

As máscaras foram adquiridas junto a 603 associações, cooperativas e empresas habilitadas para a produção de mais de 11,4 milhões de unidades, numa ação realizada em parceria entre as secretarias do Planejamento (Seplan), Desenvolvimento Econômico (SDE) e Desenvolvimento Rural (SDR).

O secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, destaca que as máscaras têm sido distribuídas de forma ampla. "Estamos entregando máscaras em mercados, feiras, centros de abastecimento, unidades de saúde, para populações atendidas por ações das secretarias e órgãos do Estado, dentre outros segmentos da sociedade. Com isso ampliamos a segurança da população contra o coronavírus, ao tempo em que a produção das máscaras gera renda para milhares de pessoas".

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.