Notícias

Fapesca e Bahia Pesca unem esforços em prol da pesca e aquicultura no Estado


Compartilhe esta notícia:

Enviar para um amigo





Enviar para um amigo

Serviços contínuos de atendimento ao pescador, estatística pesqueira, capacitação e assistência técnica estiveram em pauta na manhã de hoje (19) durante o 1º Seminário de Desenvolvimento da Pesca e Aquicultua, promovido pela Federação das Associações, Sindicatos e Colônias de Pescadores e Aquicultores do Estado da Bahia (Fapesca-BA). O encontro reuniu cerca de 100 pescadores, pescadoras, marisqueiras, lideranças e representantes da atividade na Bahia, segundo produtor nacional de pescado com cerca de 120 mil toneladas/ano.

 

Presente ao evento, o presidente da Bahia Pesca, Cássio Peixoto, parabenizou o segmento pela criação de mais uma entidade representativa que vai contribuir para o desenvolvimento do setor. “Queremos saber quem são vocês, onde estão, o que fazem e, principalmente, o que os pescadores e a marisqueiras precisam para obter sucesso em suas atividades”, pontuou o presidente, explicando que entre as políticas públicas voltadas para o segmento está o CadCidadão, do Programa Vida Melhor da Casa Civil, ferramenta de fundamental importância para identificar qualitativamente o perfil da pesca e aquicultura no Estado.

 

“Construir uma política pesqueira significa, acima de tudo, trabalhar o aspecto social de seu público”, acrescentou Peixoto, informando que, com base nos dados obtidos em apenas 35 dias de cadastramento foi possível delinear as principais necessidades de mais de cinco mil pescadores em áreas como educação, infra-estrutura, saneamento e habitação, entre outras.

 

O presidente da Bahia Pesca falou ainda sobre assuntos importantes como a realização da estatística pesqueira a partir de novembro deste ano, em parceria com o IBGE. “Vamos mudar a cara da pesca e da aquicultura na Bahia juntos. Estamos aqui para discutir políticas públicas com o segmento para que os caminhos satisfaçam às necessidades de quem mais precisa”, enfatizou Cássio Peixoto, informando que no próximo mês serão entregues as primeiras embarcações de fibra de vidro, dentro do Programa Renovar.

 

Os participantes aproveitaram a oportunidade para discutir com a Bahia Pesca formas de ampliação do acesso ao crédito e da Assistência Técnica. “Não acredito em atividades que não estejam amparadas pela Assistência Técnica, ouvindo, ensinando e aprendendo com os pescadores e marisqueiras em campo, promovendo intercâmbio permanente de informações do setor”, disse Peixoto, reafirmando o compromisso do Governo do Estado com o desenvolvimento da pesca e aquicultura na Bahia, descentralizando recursos e aportando investimentos do Fundo de Combate à Pobreza (Funcep) por entender que pescadores e marisqueiras precisam de apoio para viver e trabalhar em melhores condições.

 

Notícias relacionadas

  • Não existem conteúdos relacionados a esta notícia.
Ver todas as notícias
 
spacer
Logomarca do Facebook Logomarca do Flickr Logomarca do Twitter Logomarca do You Tube Logomarca do serviço de RSS